Groupe PSA e Total criam a “Automotive Cells Company”, uma joint venture dedicada à fabricação de baterias na Europa

download-pdf
download-image
download-all
qui, 03/09/2020 - 16:00


  • A criação da ACC1 marca o nascimento de um importante ator na produção de baterias na Europa.
  • Yann Vincent é nomeado CEO, e Ghislain Lescuyer, Presidente do Conselho de Administração da joint venture.
  • Este ambicioso projeto, anunciado em janeiro de 2020, reúne a experiência de cada parceiro para desenvolver e produzir baterias com o mais alto nível de desempenho em todo o mundo.
  • A ACC conta com o apoio das autoridades francesas e alemãs, bem como de instituições europeias, para auxiliar na transição energética da mobilidade.

 

O Groupe PSA/Opel e a Total/Saft assinaram um acordo para a criação da joint venture ACC. Yann Vincent foi nomeado CEO da ACC e será responsável por implementá-la e desenvolvê-la. Ghislain Lescuyer foi nomeado Presidente do Conselho de Administração.

Com esta associação, os parceiros estabelecem uma referência global no desenvolvimento e fabricação de baterias para a indústria automotiva, com o mais alto nível de desempenho, a partir de 2023.

A Total/Saft contribuirá com a sua expertise em P&D e industrialização, e o Groupe PSA com seu conhecimento do mercado automotivo e experiência na produção em grande escala. O centro de P&D em Bordeaux e a unidade piloto em Nersac, na França, já começaram suas atividades para permitir o desenvolvimento de novas tecnologias de células lítio-íon de alto desempenho. No final desta fase de P&D, a produção em série está prevista para ser lançada em duas "GigaFactories", em Douvrin, na França, e depois em Kaiserslautern, na Alemanha.

Este projeto visa:

  • Responder aos desafios da transição energética, reduzindo a pegada ambiental dos veículos em toda a cadeia de valor, com o objetivo de oferecer uma mobilidade limpa e acessível aos cidadãos.
  • Produzir baterias para veículos elétricos com o melhor nível tecnológico em termos de desempenho energético, autonomia, tempo de carregamento e pegada de carbono.
  • Desenvolver uma capacidade de produção essencial para acompanhar o crescimento da demanda por veículos elétricos em um mercado europeu estimado em 400 GWh até 2030, ou seja, 15 vezes o atual.
  • Assegurar a independência industrial da Europa tanto para a concepção quanto para a fabricação de baterias, com uma capacidade inicial de 8 GWh, atingindo uma capacidade cumulativa de 48 GWh até 2030 nas duas unidades de produção. Isso corresponderá à produção de 1 milhão de veículos elétricos por ano, ou seja, mais de 10% do mercado europeu.
  • Posicionar a ACC como um grande competidor no abastecimento dos fabricantes de veículos elétricos.

 

Este projeto conta com o apoio financeiro dos poderes públicos francês e alemão no montante de 1,3 bilhão de euros. Teve a concordância das instituições europeias por meio de um projeto do IPCEI (Important Project of Common European Interest), o que reforça sua importância estratégica na transição energética da mobilidade. O projeto todo mobilizará um investimento superior a 5 bilhões de euros.

Carlos Tavares, Presidente Mundial do Groupe PSA, afirmou: “A construção do consórcio europeu de baterias que desejávamos é agora uma realidade. Gostaria de prestar uma homenagem especial ao empenho das equipes Total/Saft e Groupe PSA/Opel, que fizeram com que este projeto se concretizasse. Este novo passo está de acordo com a nossa razão de ser: “oferecer aos cidadãos uma mobilidade limpa, segura e acessível” e dá ao Groupe PSA uma vantagem competitiva no contexto de vendas crescentes de veículos elétricos. A ACC leva o Groupe PSA ainda mais longe no caminho para a neutralidade de carbono. "

Patrick Pouyanné, Presidente da Total, comentou: “A criação da ACC ilustra o compromisso da Total em enfrentar o desafio das mudanças climáticas e de se desenvolver como uma ampla empresa de energia, como um importante ator na transição energética, continuando a fornecer aos nossos clientes energia segura, econômica e limpa. Nossa ambição é alavancar a reconhecida experiência de nossa subsidiária SAFT em baterias e o know-how industrial do nosso parceiro PSA para atender ao forte crescimento dos veículos elétricos na Europa. Estendo o meu incentivo às equipes que irão juntar-se à ACC para fazer desta aventura um verdadeiro sucesso tecnológico e industrial europeu. "

Ghislain Lescuyer, Presidente do Conselho de Administração, afirmou: “A ACC é o resultado da visão e do desejo compartilhado entre os fabricantes e as autoridades europeias de construir o líder europeu em baterias. Na Europa, temos as competências essenciais para desenvolver as melhores tecnologias e nos diferenciar dos concorrentes asiáticos. A ACC irá, assim, promover a transição para uma mobilidade elétrica eficiente, segura e sustentável. "

Yann Vincent, CEO da ACC, disse: "Esta é uma grande oportunidade para que eu implemente este projeto estratégico em nome de ambas as empresas. Acredito que a combinação do conhecimento e a motivação para o sucesso levarão a equipe da ACC ao mais alto nível de competitividade tecnológica e econômica nos próximos anos. "

 

1 Automotive Cells Company

Scroll